Devo usar equações preditivas de composição corporal diferentes para cada pessoa?

A utilização de equações preditivas da composição corporal, é um método duplamente indireto para quantificação dos tecidos que compõem o corpo humano.

Existem muitos tipos diferentes de equações. Desde as mais generalizadas, que atingem um grande parte da população, até as mais específicas, que abrangem atletas de alguma modalidade.

Dessa forma, se uma equação é generalizada, podemos utilizar ela para todos os nossos cliente sem problemas, certo?

Errado, e nesse artigo vamos descrever para você o porque.

Fator populacional

Um grande equívoco que vemos acontecer no dia a dia dos profissionais que fazem avaliação, é a utilização de uma única equação para todos os tipos de pessoa (por exemplo Jackson & Pollock).

As equações para um público generalizado, são produzidas através de trabalhos de pesquisa que utilizam uma grande massa de dados, de homens e mulheres com faixa etária que pode variar do começo até o fim da fase adulta.

Apesar disso, podem distorcer resultados quando utilizadas para crianças ou idosos por exemplo. Tendo em vista as pessoas nessas faixas etárias, apresentam a morfologia bem diferente de quando adultos.

Com o passar do tempo, tendemos a perder massa muscular e acumular gordura.

Assim como, não é interessante, de forma geral, utilizar uma equação generalista com atletas. Isso devido a possíveis alterações morfológicas causadas pela modalidade.

Concluímos então, que uma parte importante no processo de seleção de equações, é o público ao qual será aplicado a equação.

Quanto mais dados, melhor?

Um segundo equívoco que ocorre com bastante frequência, é utilizar uma equação por conta da maior quantidade de variáveis preditivas que ela utiliza.

Uma das equações de Jackson & Pollock mais utilizadas, necessitam de 7 dobras cutâneas para seu cálculo.

Não necessariamente por isso, trará resultados mais precisos que uma outra equação que utiliza somente uma dobra cutânea (Guedes, 1985, por exemplo).

Muitos dados, não significa necessariamente maior precisão.

Isso também vai depender dos dados que podemos coletar para utilizar nas equações.

Indivíduos obesos, tendem a ter dobras cutâneas muito espessas, e dessa forma, a coleta de dados acaba sendo prejudicada ou inviabilizada.

Neste caso, seria melhor optar por alguma equação que utilize somente perímetros corporais nas suas variáveis preditivas.

Concluindo: o segundo item de atenção na seleção de equações, são os campos utilizados nas equações!

Detalhes da seleção de equação

Como falamos anteriormente, toda equação é construída a partir de vários dados, que passam por diversos procedimentos estatísticos, como por exemplo a correlação e a regressão.

Depois disso, ainda há uma validação desses dados, de acordo com o padrão mais aceito da época. Já foi utilizado a pesagem hidrostática e nos trabalhos mais recentes, se utilizou o DEXA.

Observando os trabalhos, podemos obter alguns dados estatísticos interessantes para análise. Além das médias e desvios padrões de idade, peso e altura, que já podem auxiliar a fazer um filtro mais específico.

Exemplo de um gráfico que representa correlação entre variáveis

O coeficiente de correlação (R) é uma variável que aponta o quão “forte” as variáveis se relacionam com o resultado. Em resumo, quanto mais perto do valor 1, mais “perfeita” será a correlação, e mais assertiva a equação.

Uma outra variável que podemos observar é o EPE (erro padrão de estimativa). Que é uma medida estatística que mostra a confiabilidade de uma equação. Quanto mais próximo a zero, mais confiável a equação.

Selecionando sua equação

Agora, levando em conta esses fatores, ficou fácil escolher sua equação, não é mesmo?

Se sua resposta foi não, fique tranquilo! O processo é um pouco complicado mesmo. (Inclusive, temos esse vídeo bônus para você se aprofundar ainda mais no tema).

E além disso, depois de encontrar uma equação adequada ao seu avaliado, você precisa fazer o cálculo (que pode levar meia hora ou mais, dependendo da equação).

E se você quer focar o seu tempo onde realmente é necessário, no seu cliente, temos uma solução ideal para você.

Gráfico de composição corporal de quatro componetes no Eksy

A plataforma Eksy tem mais de 30 equações preditivas diferentes, para diversos públicos.

E além disso, possuí uma funcionalidade de filtrar equações por pessoa, te ajudando a selecionar de forma mais fácil a equação mais adequada para o seu cliente.

Acesse agora mesmo e conheça essa e outra funcionalidades!

Abrir chat