Análise qualitativa x quantitativa: quando, como e porque utilizar

Quando pensamos em avaliação física, logo lembramos de alguns itens como a composição corporal, os testes físicos e a avaliação postural.

Podemos dividir as avaliações em dois grandes tipos de análise: a qualitativa e a quantitativa.

Nesse artigo vamos te mostrar alguns pŕos e contras de cada, e como elas podem ser usadas em cada contexto. Vem com a gente!

 

Qualidade x Quantidade

Quando realizamos uma pesquisa, seja ela científica ou não, devemos pensar no tipo de dado que vamos coletar.

Ilustrando de uma forma bem simples, podemos refletir sobre esses dois problemas de pesquisa:

1 – “Qual a qualidade do seu sono?” – é um problema de cunho qualitativo. Não procuramos a explicação para este fenômeno. Tentamos “qualificar” alguma variável, mas sabemos que ela pode ser influenciada por vários fatores e tem interpretação subjetiva.

2 – “Quantas horas você dorme por dia?” – é um problema de cunho quantitativo. Aqui a resposta é objetiva e clara. Temos um número como resposta, então podemos realizar procedimentos estatísticos como a média por exemplo, e saber se estamos acima ou abaixo do considerado “normal” para determinado grupo.

Qual ferramenta usar em cada situação?

Temos então, duas ferramentas que funcionam melhor ou pior para determinado momento ou tipo de abordagem. Vamos falar de um pouco desses contextos dentro de cada especificidade avaliativa.

Avaliação Postural

Dentro dos métodos possíveis para a avaliação postural, vamos focar em duas ferramentas: a simetrografia e a fotogametria.

Avaliação por simetrografia

A simetrografia, é um método que utilizamos uma foto do cliente para fazer a análise qualitativa de determinados desvios posturais. Ou seja, através da análise do avaliador, caracteriza-se se o avaliado possuí ou não um desvio e também sua gravidade.

A fotogametria, utiliza também uma foto do cliente, porém o avaliado deve ser demarcado em determinados pontos anatômicos. Na foto, será analisado os graus de inclinação de uma reta traçada entre dois pontos anatômicos. Ou seja, neste caso temos uma análise quantitativa.

Se tratando de uma consultoria online, o melhor método a ser utilizado é o simetrográfico. Tendo em vista que não necessita de um grau muito alto de aprofundamento por parte do cliente.

Avaliação Morfológica

O acompanhamento das mudanças morfológicas do cliente pode ser feito de várias formas.

Uma forma extremamente popular (e qualitativa) é através de fotos. Quando o cliente muda drasticamente a sua composição corporal, as fotos são ferramentas que podemos utilizar não só para apresentar a mudança, mas também para incentivar.

No caso da morfologia, as vezes precisamos ir mais além e quantificar os tecidos que compõem o corpo para entender se houve ou não mudança.

Composição corporal – quantificação dos tecidos que formam o corpo

Dentro dos métodos quantitativos temos as equações preditivas da composição corporal, por exemplo. Essa ferramenta porém, exige um profissional treinado e capacitado.

Um método quantitativo que pode ser aplicado em consultorias online, é a perimetria. Pois essa exige um nível menor de treinamento e pode ser transmitido para o cliente.

Flexibilidade

Um último exemplo, onde encontramos as duas formas de avaliar, é na avaliação da flexibilidade.

Temos o protocolo de teste chamado flexiteste. No qual o avaliado realiza alguns movimentos e este deve ser qualificado de forma subjetiva pelo avaliador.

Ao final do protocolo de movimentos, soma-se o score de todos os movimentos para qualificar a flexibilidade do avaliado.

Teste Banco de Wells sendo aplicado

Já do lado quantitativo, temos dois exemplos. O mais popular e o teste banco de Wells, que mede a flexibilidade da cadeia posterior do indivíduo em centímetros.

A outra possibilidade é a goniometria. Com esse instrumento, conseguimos quantificar a amplitude de movimento do avaliado em graus.

Como esse instrumento é de fácil utilização, também pode ser facilmente aplicado em consultorias online, desde que o avaliador auxilie seu cliente e domine os protocolos.


E você, qual tipo de avaliação utiliza?
Acesse agora mesmo o Eksy e amplie suas ferramentas avaliativas!

Abrir chat